Fique por dentro

Notícias

Projeto: “Nenhum ser humano é ilegal”

Guerras, violação dos direitos humanos e más condições de vida têm levado milhares de pessoas, de diversas nacionalidades, a fugirem de seus países de origem. Segundo a ONU, o mundo presencia o período de maior número de refugiados da história. Além de enfrentarem riscos ao abandonarem seus países, as dificuldades desses cidadãos não terminam com a migração. Em várias nações, eles nem sequer são acolhidos, sofrendo todo tipo de preconceito e exclusão.

É com base nesse contexto de crise dos refugiados que, no dia 17 de junho, a ESTA abriu as suas portas para uma roda de conversa com três imigrantes nativos da Síria, Venezuela e Haiti, que compartilharam com os estudantes, familiares, professores e equipe pedagógica suas histórias, dores e angústias que os motivaram a se refugiarem no Brasil.

A atividade foi a culminância do projeto “Nenhum ser humano é ilegal”, um trabalho interdisciplinar realizado com as turmas do 8º ano, que aborda a situação de pessoas de diferentes países que necessitam buscar em outras localidades a própria sobrevivência.

Para a equipe de professores da área de Ciências Humanas, envolvida no projeto, trabalhar na escola a temática da crise dos refugiados é uma possibilidade de sensibilizar alunos e a comunidade escolar, para que ampliem o conhecimento e o olhar em relação à mais devastadora catástrofe humanitária do mundo atual. “A realização desse trabalho pretende motivar atitudes de reflexão, discussão e, consequentemente, de ação efetiva por parte de cada cidadão. Esse é um projeto que nos permite ir além das nossas fronteiras e dos muros da nossa escola”, completou a professora de História Fabíola Franca, uma das idealizadoras do projeto.

O projeto ainda continua com outros desdobramentos, como uma reapresentação de um teatro preparado pelos próprios alunos e outras atividades que serão apresentadas na Mostra de Arte e Ciência deste ano.

 

ACOMPANHE TAMBÉM

Atividades/Projetos

Projeto Adolescer

Desenvolvido com os alunos do 5º ao 9º ano do EF, esse projeto tem como objetivos construir saberes sobre o desenvolvimento físico-emocional na puberdade, pautado no autorespeito e no respeito para com o outro e auxiliar o estudante dessa faixa etária a compreender as mudanças ocorridas no próprio corpo, entendendo de forma correta os conceitos … leia mais

Fique por dentro

Horário de funcionamento

Neste mês, funcionaremos em horário especial: das 8h às 17h. Desejamos que nossos alunos e professores aproveitem o recesso para descansar e recarregar as energias para o segundo semestre.